20/03/2020

Prefeitura fecha estabelecimentos como medida para combater coronavírus

Em novo decreto, publicado no início da noite desta sexta-feira (20), a Prefeitura de Camanducaia determina novas medidas para o enfrentamento, da epidemia de doença infecciosa viral respiratória causada pelo agente Coronavírus (COVID-19). O documento foi assinado pelo prefeito Edmar Dias e determina:

Ficam proibidas, a partir das 14h00 do dia 22 de março de 2020, por 15 dias, em todo o município, a execução e funcionamento dos estabelecimentos comerciais e de serviços, EXCETO:

I-             Farmácias, drogarias e farmácias de manipulação;

II-           Clínicas médicas e odontológicas para atendimento de urgência e emergência;

III-          Clínicas veterinárias para atendimento de urgência e emergência;

IV-          Supermercados;

V-           Mercados, açougues, quitandas e hortifrútis;

VI-          Padarias;

VII-        Distribuidores de gás e água mineral;

VIII-       Postos de combustível e pontos de parada para apoio de ônibus interestaduais e caminhoneiros;

IX-          Borracharias para atendimento de urgência e emergência;

X-           Agropecuárias e lojas de vendas de alimentação para animais.

Os estabelecimentos que permanecerão abertos DEVERÃO SEGUIR REGRAS ESPECÍFICAS DE FUNCIONAMENTO como consta no decreto.

O documento ainda estabelece que estabelecimentos comerciais de gêneros alimentícios, como restaurantes, lanchonetes, pizzaria, casas de açaí, sorveteria e afins, somente poderão trabalhar com delivery.

Fica proibido o atendimento presencial nas agências bancárias e casas lotéricas em todo o município, exceto o atendimento em caixas eletrônicos, respeitando uma pessoa para casa terminal e com higienização frequentemente dos equipamentos.

Todos os empreendimentos e estabelecimentos, destinados a prestação de serviço de hospedagem e edificações residenciais destinadas ao recebimento de hospedes, deverão providenciar o check-out dos hóspedes até, no máximo, às 12h00 do dia 23 de março.

Fica proibido o transporte de passageiros por taxis e/ou carros de aplicativos para fora do município e vice-versa, sendo permitido apenas o transporte apenas dentro dos limites municipais.

Para ter acesso ao decreto, acesse:
Decreto 068.2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *